BLOG POST

internet  |   Wi-Fi  |  19 de novembro de 2018



como-testar-a-velocidade-da-sua-internet

Como testar a velocidade da sua internet?

Não é chato quando a internet fica lenta naquele momento em que você mais precisa? Na verdade, lentidão na transmissão de dados, não importa a hora, ninguém gosta. Mas você sabia que existe uma obrigatoriedade de fornecimento mínimo na velocidade de internet, em relação ao contratado?

A média de velocidade da sua conexão para download deve ser de 80% do valor do pacote adquirido. Ou seja, se você contratou um plano de 10mbps, a velocidade mínima exigida deve ser de 8mbps.

Uma outra forma de medir é a conexão em tempo real, ou seja, aquela que você pode testar a qualquer hora do dia. Ela nunca pode ser inferior a 40% do valor contratado.

Ambas as regras são válidas para download desde 2014. Caso você constate que a sua operadora não está cumprindo essas exigências, acione o PROCON e a ANATEL.

Sites para testar a conexão

Existem inúmeros sites que fazem a análise da velocidade da conexão. Embora muitos sejam idôneos e confiáveis, outros não são. Por isso, é sempre bom analisar. Homologado pela ANATEL, o site ideal para se aferir a sua transmissão de dados é o da EAQ (Entidade Aferidora da Qualidade de Banda Larga)
http://www.brasilbandalarga.com.br/bbl/

Acesse e confira sua conexão em tempo real.

Além da velocidade de download, o que mais preciso saber?

• Velocidade de upload. Mesmo quando você só faz download, há uma comunicação entre computadores através do protocolo TCP. Isso significa que, para que a velocidade seja boa, a transmissão de dados via upload também deve ser razoável. Em média, os planos oferecidos têm taxas de upload na faixa de 10% das de download (ou seja: você “sobe” arquivos 90% mais lentamente do que “baixa” eles). Todos os testes de conexão oferecem o conhecimento também sobre a taxa de upload.

• Simultaneidade de uso. Caso você vá fazer um teste de conexão, é imprescindível saber quantos aparelhos estão conectados à rede (e, possivelmente, usando-a). Naturalmente, a conexão não será a mesma se em um dispositivo alguém estiver fazendo download e, em outro, outra pessoa estiver assistindo a um filme em uma plataforma de streaming.

• Antivírus. É claro que bons antivírus são ideais para manter a máquina funcionando perfeitamente e também para a sua segurança. Os melhores, inclusive, são desenvolvidos para melhorar o desempenho do aparelho, o que deixa e conexão de internet também mais rápida. Mantenha atualizado seu software.

• Navegador e sistema operacional. Últimas versões de aplicativos, softwares e sistemas operacionais são outros exemplos de ferramentas para deixar sua conexão mais rápida e segura. Em alguns casos, será necessário atualizar manualmente e, por isso, verifique constantemente se seus sistemas e softwares estão atualizados.

• Latência/Ping. O teste de latência, que você vê como “ping”, informa o tempo de atraso entre as informações de entrada e saída de dados. Geralmente, esse atraso é pouco perceptível, já que é baseado em milésimos de segundos, porém medir e conhecer o valor do ping pode ajudar a identificar alguns problemas de conexão.
Agora você já sabe algumas informações essenciais para testar a sua conexão de internet. Monitore, melhore a sua navegação on-line e mantenha-se seguro. 😉

Related Post


« Voltar

Comentários