BLOG POST

internet  |  16 de abril de 2018



Fake News

Fake News. Um mal da era digital

Esta nova era digital transformou o mundo ao nosso redor. Tudo ficou muito mais rápido, mais acessível. Um fato vira notícia instantaneamente e se multiplica através dos sites e redes sociais em segundos. Isso é bom? Claro que é! Ter acesso à informação é um dos direitos mais fundamentais para uma sociedade mais justa. Entretanto, como tudo nesta vida tem dois lados, o lado ruim também se desenvolve com a mesma força e velocidade. As notícias falsas, as fake news como ficaram mais conhecidas, também se alastram de forma espantosa. E isso, muitas vezes, provoca estragos na vida de pessoas e na imagem de empresas. Alguns casos configuram até crime. Por isso, todo cuidado é pouco. A seguir, você vai conferir algumas dicas simples de como se prevenir para não ser um multiplicador dessas mentiras perigosas. Vamos a elas!

Checagem dupla.

É fundamental checar a fonte, sempre. Mais ainda checar a fonte da fonte, pois geralmente nos deparamos com republicações. E se não for possível essa checagem, desconfie.

Conheça melhor os canais que você está acessando.

Alguns canais já até são reconhecidos como disseminadores de fake news. Então é melhor não compartilhar conteúdos deles. Uma rápida pesquisa na internet e você os identifica. Outros, menos conhecidos, muitas vezes são criados só para agir em um determinado momento com a intenção de plantar a mentira. Então desconfie de canais novos, muito recentes. Verifique há quanto tempo estão no ar e o conteúdo que publicam.

Aprofunde a análise.

Um título forte e inteligente pode ser uma armadilha. Por isso, passe por ele e vá para a matéria. Leia tudo, não deixe escapar nenhum detalhe. Além de saber mais sobre o assunto, você vai poder fazer uma checagem com tudo aquilo que já leu ultimamente sobre o mesmo tema.

Parece, mas não é.

Alguns sites maliciosos usam endereços, URL, semelhantes aos de outros site famosos e com alto índice de confiabilidade. Eles pretendem se apropriar dessa reputação sem que você perceba.
Então, fique atento e confira sempre o endereço que você está acessando.

É dele mesmo?

Outro caso de associação indevida e criminosa é usar o nome de personalidades dos mais diversos segmentos, respeitadas pela sua história e obra, como autores de conteúdos não criados por eles. Isso é muito comum. Proteja-se, pesquisando sobre a vida e a obra desse autor antes de mais nada.

Erros evidentes.

A diagramação e o texto de uma publicação podem mostrar indícios de falsidade. Geralmente feitas às pressas, essas publicações apresentam falhas e erros de linguagem que um site sério dificilmente cometeria.

Dá um Google.

O Google sabe de quase tudo e, quando se faz uma pesquisa, um leque gigante de opções de checagem para aquele assunto surge diante de você. Aproveite e verifique tudo o que for possível. Procure a verdade!

Resista à tentação de compartilhar sem seguir, pelo menos, cinco dessas dicas.Você só tem a ganhar sendo imparcial e justo. É assim que deve ser!

Related Post


« Voltar

Comentários