BLOG POST

internet  |   Internet Via Satélite  |  12 de janeiro de 2018




Internet mais rápida, mais barata e acessível. Quem não quer?

Novas tecnologias em desenvolvimento prometem tornar isso possível.

As pesquisas não param e o futuro, não tão distante, promete. Algumas novidades como internet via feixes de luz, conexão pela rede elétrica e redes 5G em desenvolvimento vêm por aí. Vamos saber mais sobre elas agora.

Internet rápida via feixes de luz

Pesquisadores da Universidade de Glasgow, na Escócia, já testaram uma tecnologia que usa feixes de luz para transmitir dados pelo ar, levando o sinal de internet em forma de fótons.

Os cientistas destacaram que, por não necessitar de cabeamento, essa tecnologia poderá chegar a qualquer lugar com baixo investimento. Além disso, por permitir um maior armazenamento de dados em cada fóton, poderá transmitir mais dados a uma velocidade que chegou, nos testes, a 1GB/s.

Nos testes realizados, o sinal de internet em forma de fótons percorreu 1,6 km, passando por campos, ruas e perto de prédios altos, com velocidade superior a 1GB/s. A tecnologia permite “dobrar” a luz no ar, desviando, assim, dos obstáculos. De acordo com os cientistas, além de não depender do custoso cabeamento, o novo método permite um maior armazenamento de dados em cada fóton.

A gigante Google também está nessa trilha. A Alphabet, holding do grupo, em parceria com uma operadora de telecomunicações da Índia, já está trabalhando no projeto Loon, que vai conectar o estado Andhra Pradesh, onde vivem 50 milhões de pessoas. Dois mil links de comunicação ótica que serão lançados em espaço livre através de balões que vão dar suporte à rede local para a transmissão de dados com alta capacidade em altas velocidades.

Internet rápida via rede elétrica

A operadora americana AT&T divulgou em dezembro de 2017 os resultados dos testes com a tecnologia AirGig, que transmite dados pela rede elétrica com potencial para atingir mais de 1GB/s por segundo. O AirGig utiliza sinais de ondas milimétricas que transferem dados em frequência muito maior do que os cabos de cobre, com mais rapidez que a fibra ótica. Mais vantagens desse sistema estão no aproveitamento da rede elétrica, já implantada pelas companhias, e na instalação rápida na casa dos usuários.

Internet mais rápida, mais barata e acessível. Quem não quer?

Internet rápida via rede móvel

O 5G vem aí com a promessa de ser uma conexão de 10 a 100 vezes mais rápida do que as atuais. A expectativa era de que, somente em 2019 ou 2020, essa nova versão estaria disponível. Entretanto, a operadora americana Verizon informou que tem planos de lançar o serviço ainda em 2018 em pelo menos 5 cidades dos Estados Unidos, mas apenas para usuários residenciais como um serviço de banda larga, atingindo inicialmente cerca de 30 milhões de residências.

O mercado de smartphones também está se preparando para receber essa próxima geração de conexão. A Intel apresentou, em novembro, a primeira linha de modens que podem ultrapassar 1GB/s e devem estar nos celulares à venda a partir de 2020. A Qualcomm, sua concorrente, também divulgou os resultados dos testes com internet 5G com o chip Snapdragon X50, que estabeleceu conexão com a internet com velocidade também superior a 1GB/s. Agora é segurar a ansiedade e ficar conectado com as novidades para saber quando estarão ao nosso alcance.

Assuntos que também são interessantes para você =D


« Voltar

Comentários