BLOG POST

História  |   invenções  |   Telefonia  |  11 de julho de 2018



como-se-proteger-numa-rede-publica-de-wi-fi

Como se proteger numa rede pública de wi-fi?

Quem nunca pediu a senha do wi-fi para economizar o 4G? Uma coisa rotineira, mas que esconde perigos que muitas vezes a gente nem imagina. Afinal, um hacker pode invadir o seu smartphone mesmo sem estar fisicamente no raio de atuação daquela rede. Ou seja: você pode estar sozinho naquele local, e mesmo assim corre o risco de comprometer seus dados privados.

Por isso, listamos aqui algumas dicas essenciais para quem precisa se conectar em lugares públicos, seja por trabalho ou lazer.

1 – Com ou sem senha, não confie em redes abertas.

Uma pessoa mal-intencionada pode utilizar uma rede aberta para monitorar o comportamento das pessoas on-line, incluindo digitação de senhas. A má notícia é que essa mesma pessoa também pode clonar a rede, copiando o SSID e a senha, ou seja, senha não é garantia de segurança.

2 – Não acesse sua conta de banco em wi-fi público, nem pelo celular.

Esta é uma dica que nem seria necessária, mas está aqui para os desavisados. Pelo mesmo motivo da dica 1, prefira usar o 3G/4G da sua operadora, evitando trafegar em frequências infectadas.

3 – Prefira sites com HTTPS.

Verifique no seu navegador, no canto superior esquerdo, onde está o link completo do site, se há um cadeado verde. Se sim, o site em que você está usa a tecnologia SSL (ou Secure Sockets Layer). Em outras palavras, se esse site for interceptado, o criminoso só vai ver conteúdo criptografado (linguagem não legível). Mas, claro, os níveis de criptografia em HTTPS variam, e os níveis de inteligência dos ciberataques também.

4 – Desative o compartilhamento de arquivos via rede.

Outra dica clássica que muita gente esquece. Não facilite o hackeamento das suas informações privadas com a abertura das chaves que comumente a gente deixa em redes privadas, no trabalho e em casa. Feche o compartilhamento das pastas e arquivos do seu notebook.

5 – Ative a verificação em duas etapas.

Nós sabemos que é muito chato, mas ativar aquelas verificações que mandam SMS (ou senhas no app do smartphone) com códigos para confirmar que é você acessando melhora muito a sua segurança. Assim, o criminoso, mesmo tendo a sua senha original, ainda precisará daquela que só você recebeu pelo celular.

6 – Considere usar uma rede VPN.

Sabe aquelas redes que algumas pessoas usam para acessar ilegalmente o conteúdo internacional como filmes online? Então, elas podem ser usadas para o bem. O seu bem. Trata-se de redes virtuais que isolam tudo o que você faz na internet, criptografando dados, sem deixar ninguém saber em que lugar – ou país – você está realmente.

Com essas dicas ficou mais fácil garantir segurança em níveis aceitáveis nas redes públicas de wi-fi.
Lembre-se delas na próxima vez que pedir uma senha.

Assuntos que também são interessantes para você =D


« Voltar

Comentários