BLOG POST

Antenas  |   Sinal Digital  |   TV Digital  |  6 de Abril de 2017




Como apontar a antena parabólica sem saber a direção do satélite?

Após o Dishpointer (principal aplicativo para calcular os dados de apontamento de antenas parabólicas para os diversos satélites de comunicação ao redor do nosso planeta) acabar com a linha de indicação de direção do satélite, apontar a antena se tornou uma tarefa um pouco mais complicada.

É possível acessar o site original do Dishpointer para ver esta linha, mas é preciso ter em mente algumas informações básicas sobre o satélite para o qual você quer fazer o apontamento:

Primeiro, é necessário colocar o receptor em um TP (transponder do canal, que indica a frequência de transmissão do satélite) de sinal forte para que ele indique quando você encontrar o sinal do satélite. Neste caso, o receptor vai trabalhar como um satélite finder.

Depois, é preciso observar o giro do LNB. Se o LNB (componente encontrado na haste, no centro da antena) não estiver na posição correta é provável que você nem encontre o sinal do satélite. Por fim, a elevação da antena, que é o movimento vertical da mesma, deve ser feita da forma mais correta possível para que se encontre o sinal mais forte do satélite com mais facilidade.

Como apontar a antena parabólica sem saber a direção do satélite

Depois de realizada as 3 etapas acima, fica bem fácil encontrar o satélite. Para isso, basta movimentar a antena na posição do Azimute (medida em graus). Movimente a antena bem devagar para conseguir encontrar o sinal do satélite.

A teoria lógica para achar o satélite sem saber a sua direção é fácil de entender: se a antena estiver com o LNB na posição correta e a elevação idem, resta o Azimute que é o movimento mais fácil de se executar na antena.

Ao passar pelo ponto de captação do sinal ele vai acusar. Agora, se você tiver o Azimute, mas não tiver o giro do LNB ou a elevação correta, o processo não dará certo, pois são movimentos bem sensíveis para a perda de sinal do satélite.

Para se ter uma boa noção do Azimute em que a antena deve parar, guie-se pelo sol, já que os satélites estão em órbita no céu em uma posição que segue o movimento solar. Por exemplo, onde o sol nasce é possível captar o sinal dos satélites Intelsat 1002, Telstar 12, entre outros.

A posição vai variar um pouco dependendo do local do Brasil onde você está, mas já serve como um bom guia se você não tem uma uma bússola, por exemplo. Tenha sempre os dados anotados em relação aos principais satélites que você quer apontar.

Fonte: Globo Digital

Assuntos que também são interessantes para você =D


« Voltar

Comentários