BLOG POST

História  |   invenções  |   Telefonia  |  29 de junho de 2018



a-russia-comecou-com-tudo-na-copa-mas-craques-mesmo-eles-sao-em-tecnologia

A Rússia começou com tudo na Copa. Mas craques mesmo eles são em tecnologia

Em extensão territorial, a Rússia é o maior do mundo, muito à frente do segundo colocado, o Canadá. E mais que grandes, eles são também referência histórica em inovar com tecnologia de ponta. Selecionamos algumas ideias que surgiram naquele país, e que fizeram toda a diferença na nossa rotina.

Telefone móvel

É impensável viver sem telefonia móvel hoje em dia, né? Mesmo com as ligações por voz estando tão em baixa, foi Leonid Kupriyanovich quem criou um aparelho portátil capaz de se comunicar com outro, num raio de 30 km, utilizando uma base comum; isto, no final dos anos 1950. Apesar da grande inovação, o governo Russo não percebeu assim, preferindo investir na tecnologia Altay, também desenvolvida por Kupriyanovich, que adicionava telefones aos veículos.

Tetris

Um game tão simples quanto revolucionário. E não importa a idade que você tenha, provavelmente já ouvir falar no Tetris. Criado pelos russos Alexey Pajitnov, Dmitry Pavlovsky e Vadim Gerasimov, o jogo é constantemente incluído na lista dos mais influentes de todos os tempos, sendo também o mais vendido do mundo, com cerca de 500 milhões de unidades no mercado. Lançado em 1984, ele utiliza “tetraminós” que precisam ser encaixados em uma espécie de tabuleiro, eliminando uma linha sempre que esta é totalmente preenchida.

Radiocomunicação

Aleksander Popov, não confundir com o ex-campeão olímpico Aleksandr Popov, foi o inventor da comunicação via rádio. Em 1885, ele construiu um aparelho sem fio capaz de se comunicar via radioatividade eletromagnética. Este é o primeiro registro do que conhecemos hoje como aparelho de rádio. Como acontece comumente na história, de invenções surgirem ao mesmo tempo em diferentes pontos do mundo, o italiano Guglielmo Marconi apresentou a mesma ideia e rapidamente comercializou seu experimento, ficando famoso. Hoje, ambas as famílias “disputam” a paternidade da ideia.

Gravação de vídeo em fitas

Talvez você nunca tenha ouvido falar em Aleksandr Poniátov, ou mesmo sobre a sua criação, mas ele colaborou com a tecnologia precursora em gravar informações. Muito antes das mídias tradicionais de hoje (que inclusive já estão obsoletas), como o DVD, ele fundou a AMPEX, nos Estados Unidos, na década de 1950, desenvolvendo um método capaz de captar sinais de vídeo e registrá-los em fitas: invenção utilizada por muitos anos (até os dias de hoje) em aparelhos domésticos e profissionais.

Assuntos que também são interessantes para você =D


« Voltar

Comentários